CIRURGIAS

TIPOS DE CIRÚRGIAS

CIRURGIA

FACIAL

Scroll down

É uma das cirurgias mais procuradas em nossa clínica, por isso me tornei especialista em rejuvenescimento e embelezamento facial há muitos anos”, diz a Dra. Loriti Breuel.

 

Sintomas: Após os 30 anos um ou mais sinais que dependem do tipo de pele, da vida da pessoa, alimentação, genética e de como ela trata e expõe a sua face começam a aparecer.

​São eles:

  • ritides (rugas finas) ao redor dos olhos

  • boca ou bochechas

  • rugas

  • sulcos mais pronunciados

  • face triste e depressiva

  • olhos caídos

  • queda da cauda das sobrancelhas

  • bolsas de gordura

  • cor escura das pálpebras (olheiras)

  • sobra de pele nas pálpebras, na face, no pescoço 

  • queda da gordura da face e do pescoço

  • poros abertos

  • perda de viço

  • manchas na face

  • queratoses

  • flacidez muscular trazendo um aspecto pesado e agressivo à face, papada, etc..

 

Cirurgia: O principal objetivo da cirurgia é reposicionar a musculatura profunda da face, a saber, testa, malares ou pescoço e uma retirada parcimoniosa do excesso de pele, a fim de não ficar com a face “plastificada”.

 

A musculatura é reposicionada, tracionada e fixada com pontos estratégicos. A gordura da face também é reposicionada para acentuar a jovialidade. 

 

Incisões: A maior parte no couro cabeludo, acima e atrás das orelhas e pré-auriculares, contornando as dobras naturais das orelhas (para disfarçar a cicatriz).

 

Recuperação: 10 a 15 dias, devido ao edema nos olhos e equimoses (arroxeados), principalmente no pescoço e pálpebras inferiores.

 

Objetivo: Retirar sobras, bolsas e rugas, ou seja, trazer o rejuvenescimento. O resultado varia de acordo com cada paciente. 

 

Muitas vezes aplicamos peelings leves ou moderados posteriormente, ou mesmo tratamento facial com cremes estimuladores do colágeno para obter um up grade do resultado cirúrgico. Com isto temos inúmeros pacientes que rejuvenesceram mais de 10 a 20 anos, segundo eles e seus familiares.

BLEFAROPLASTIA (Cirurgia de pálpebras)

O olhar é a região mais expressiva da face e em geral é a primeira que envelhece. Denotamos que estamos ficando mais velhos, ou com “cara de cansados”, como dizem as pessoas que nos cercam.

 

Sintomas: excesso de pele nas pálpebras superiores e inferiores, rugas ao redor dos olhos (“pés de galinha”) e nas pálpebras inferiores, o volume (inchaço) principalmente.  Mas há também nas superiores. Acentuação da cor escura nas pálpebras inferiores.

 

Cirurgia: Com laser de CO2, no modo de cortar (protegemos o globo ocular com lentes de aço).  Retira-se o excesso de pele das pálpebras superiores (+/- 1,0 a 2,0 cm) e das inferiores (1 a 3 mm). 

 

Realizamos uma cantopexia (fixação muscular da pálpebra inferior no periósteo da pálpebra superior) para evitarmos olhos abertos (ectrópicos). 

 

É muito importante o desenho de retirada de pele de pálpebra superior, para melhorarmos o jeito do olhar, melhorar o aspecto “olhos tristes” e com isso embelezarmos nosso olhar.  São retirados os excessos das bolsas de gordura com o laser CO2.

 

Incisões: no sulco da pálpebra superior, e na borda ciliar na pálpebra inferior, praticamente imperceptíveis.

 

Recuperação: Em torno de uma semana. O edema e arroxeado (equimoses) são maiores nos primeiros quatro dias.

 

Objetivo: Restaurar o olhar de anos anteriores e corrigir algum formato de olhar pouco harmonioso.

 

MINILIFTING FACIAL

Talvez a mais procurada das cirurgias faciais atualmente, devido ao maior esclarecimento dos pacientes de que quanto mais cedo a cirurgia for realizada, menos invasiva ela será e mais rápida será a recuperação, tornando-se quase imperceptível. Este é o melhor resultado e o mais duradouro.

 

Sintomas: flacidez muscular e de pele, localizada em um dos terços da face, a saber.

 

- 1/3 superior = região frontal -> rugas de expressão na testa, rugas entre as sobrancelhas (“face de bravo”), queda da cauda ou de toda a sobrancelha, olhar triste, caído.

 

- 1/3 médio = região malar (bochechas) -> sulcos ao redor da boca (nasogeniano) e  abaixo dos olhos, queda das bochechas e acúmulo pequeno de gordura sobre a mandíbula, ângulo de boca caído, sulcos infralabiais.

 

- 1/3 inferior = região do pescoço -> excesso de gordura, excesso de pele, rugas horizontais em maiores ou menores quantidades.

 

Cirurgia:

 

- 1/3 superior = região da testa, chamada de Cirurgia Coronal – corrige-se toda a musculatura frontal e do “cenho”, eleva-se pouco as sobrancelhas e eleva-se mais a cauda e a região das têmporas, para melhorar a expressão de olhos caídos.  


- 1/3 médio = trata-se toda a área malar (bochechas), com tração muscular do SMAS (sistema músculo-aponeurótico superficial da face), corrigindo os sulcos ao redor da boca, melhorando a boca caída, retirando o excesso de gordura da mandíbula ou emagrecendo as bochechas, se houver necessidade.

 

- 1/3 inferior = região do pescoço -> faz-se sempre uma micro lipoaspiração e trata a flacidez muscular do platisma, desde a área abaixo do queixo até a região lateral do pescoço. Corrige-se as linhas profundas horizontais de expressão.

 

Incisões:

 

- 1/3 superior = no couro cabeludo, longe da raiz dos cabelos, menores com vídeo-endoscopia, mas sem restrições à flacidez e maior, sendo um resultado bem melhor. É uma cirurgia que embeleza.

 

- 1/3 médio = pré auriculares e via temporal, contornando as reentrâncias da orelha.

 

- 1/3 inferior = são retroauriculares e no couro cabeludo, região da mastóide. Às vezes, abaixo do queixo também.


 
Recuperação: em torno de uma semana.

 

Objetivo: Trazer aquela área com flacidez para acompanhar o restante da face. Associamos tratamento com cremes ou aparelhos para estimular a produção de colágeno do restante da face e peelings leves.

RINOPLASTIA

Rinoplastia, também chamado de cirurgia do nariz, remodela o nariz, reduzindo ou aumentando o tamanho, removendo uma protuberância, alterando a forma da ponta ou da ponte, estreitando a largura das narinas, ou alterando o ângulo entre o nariz e o lábio superior. Este procedimento pode também atenuar algumas dificuldades de respiração, quando combinado com a cirurgia no septo nasal.

Duração: A cirurgia leva cerca de uma hora ou mais.

Recuperação: O paciente pode voltar ao trabalho após uma semana. Atividades que são mais exigentes podem ser retomadas após duas a três semanas. O paciente deve evitar qualquer atividade que possa traumatizar o nariz ou permitir que ele se queime com o sol por pelo menos oito semanas. A utilização de um filtro solar que protege das radiações UVA e UVB é útil. Os resultados finais podem levar um ano e às vezes mais tempo a alcançar.

Anestesia: Geral ou sedação intravenosa e anestesia local.

OTOPLASTIA

Otoplastia, também chamada de cirurgia dos pavilhões auriculares,coloca orelhas proeminentes mais perto da cabeça e / ou reduz o tamanho de orelhas grandes. Cirurgia de orelha cosmética é mais frequentemente realizado em crianças com idades entre quatro e quatorze anos e podem ser cobertos pelo seguro.
 

Recuperação: O paciente pode retornar para a escola ou trabalho dentro de cinco a sete dias e retomar a atividade extenuante, como esportes de contato em um a dois meses. A banda de compressão é necessária para usar durante 4 semanas.

Anestesia: As crianças são geralmente operadas com anestesia geral. Para as crianças mais velhas ou adultos, uma anestesia geral ou local pode ser usado em conjunto com sedação.

LIFTING POR FIOS

Para um face lifting sem cirurgia, fios de suturas farpados são inseridos dentro da face para criar um efeito de elevação ou ou tração dos tecidos moles faciais. Este procedimento não-cirúrgico é útil para as pessoas com rostos flácidos ou envelhecimento do terço médio da face, bochechas, testa e pescoço. Elevação seletiva regional é possível. Esses fios vêm em várias configurações:, fios bi-direcionais curtos (APTOS, elevador Feather), ou estilingues bi-direcionais longos (elevador sutura farpado), ou longas linhas uni-direcionais (contorno threads). Diferentes fios criam diferentes efeitos (como firmeza ou levantamento). Esses fios podem ser utilizados em conjunto com tradicional lifting ou técnicas de cirurgia endoscópica.

Recuperação: Pacientes estão apresentáveis após 24 a 48 horas. Ocasionalmente, franzido ou pregas podem persistir por várias semanas.

Resultados: Estas são excelentes técnicas para conseguir um efeito lifting temporário. Os resultados duram de um a dois anos , depois disso, novos fios precisam ser inseridos para manter ou melhorar os resultados. Estes fios devem ser vistos da mesma forma como outros procedimentos temporários, tais como Toxina Botulínica ou temporários preenchimentos, onde a perda de resultado depois de um período de tempo não é considerado um fracasso. Juntamente com outras técnicas não-cirúrgicos, como injeções de botox, ácido hialurônico preenchimentos faciais, tratamentos IPL (luz intensa pulsada), laser terapia, ou Thermage ® (radiofreqüência endurecimento da pele), o rejuvenescimento pode ser poderoso, mas é temporário.

Anestesia: Anestesia local com ou sem sedação leve

LIPOASPIRAÇÃO DA FACE

Llipoaspiração facial tornou-se um procedimento cosmético comum, seja isoladamente ou em conjunto com o facelift ou outro procedimento faciais. Consiste na remoção de tecido adiposo indesejado com um dispositivo de cânula e vácuo promover e melhorar a forma facial como linha da mandíbula ou mesmo usando abordagem lipólise a laser.

Recuperação: Tempo de recuperação completa é entre 20-28 dias, durante o qual o paciente será solicitado a usar uma roupa de compressão.

Resultados: O procedimento alcança bons resultados em pacientes com excesso de gordura ao longo da papada e do pescoço, possuam boa elasticidade da pele, e mínima presença das bandas do músculo platisma.

Anestesia: Dependendo do paciente, podem ser utilizados: a sedação, a anestesia local ou mesmo a geral.

IMPLANTES FACIAIS

Os implantes faciais são sólidos, pré-moldados, objetos tridimensionais, usadas para melhorar o tamanho e a aparência de diferentes áreas, incluindo o queixo, mandíbula, nariz, bochechas e ao lado do nariz (seios paranasais). A cirurgia de implante facial proporciona uma aparência mais harmoniosa para o rosto. Existem diferentes tipos de material de implante utilizado para alcançar estas alterações do contorno. Existem também diversas formas de implantes de acordo com a área a ser melhorada.

Recuperação: O paciente pode retornar ao trabalho e atividades normais dentro de alguns dias. O paciente não deve consumir álcool após a cirurgia. Hematomas e inchaço devem desaparecer depois de várias semanas.

Resultados: Os resultados variam de paciente para paciente, mas os resultados são essencialmente permanente. O efeito geral é um aprimoramento dos contornos do rosto com uma aparência melhor.

Anestesia: Anestesia geral ou anestesia local com sedação intravenosa são comumente usados.

Please reload

 
 
 
 
 
 
 
 

CIRURGIA

CORPORAL

Scroll down

Abdominoplastia

É uma das cirurgias mais apropriadas após a gestação, devido à flacidez e a separação dos músculos reto-abdominais causados pela distensão do abdome durante a gravidez.

 

Sintomas: abdome globoso, abaulado, com excesso de pele, tanto no andar superior como no andar inferior do abdome e com excesso de gordura periumbilical, na cintura e geralmente nos flancos (“pneus”). 

 

Cirurgia: É realizada sob anestesia peridural em hospital. Corrige-se a flacidez muscular, ou seja, a diástase dos músculos abdominais, e também a flacidez de pele. Sempre associamos uma lipoescultura da cintura e dos flancos, para ter um melhor contorno corporal.


Incisões: na região inferior do abdome, pubiana, grande, mas sempre a deixamos na marca do biquíni.


Recuperação: entre 24 a 48 horas de internação, duas semanas de repouso, sem dirigir e após a terceira ou quarta semana volta às atividades normais. 

 

Objetivo: corrigir o abdome globoso, distendido e com dobras, aproximar a musculatura afastada dos retos abdominais e principalmente retirar os excessos de pele e gordura. 

Mini-Abdominoplastia

Para pequenas distensões musculares e mesmo após gestação em pacientes mais magras, houve uma evolução técnica enorme, que permite a correção muscular associada a uma lipoescutura em todo o abdome e outras regiões. 

Sintomas: pequena distensão abdominal, abdome globoso abaixo do umbigo, flacidez de pele moderada, excessos de gordura no abdome, cintura e flancos (“pneus”). 

Cirurgia: realizada sob anestesia local e sedação ou peridural com incisão na região pubiana para correção e sutura de toda a musculatura por acesso com fibra óptica, associada com a lipoescultura de abdome e cintura.

Incisões: nas regiões pubianas, pequenas, similares à cicatriz de cesárea, conforme a flacidez da pele. 

Recuperação: bem mais rápida que na abdomonoplastia convencional, devido menores descolamentos, em torno de 1 semana de repouso e após 2 semanas, volta lentamente às atividades normais.

Objetivo: diminuir acentuadamente o excesso de gordura abdominal e da cintura e também a flacidez muscular da região, com incisão bem reduzida. 

Cirurgia da Intimidade

Atualmente pelo conhecimento que as pacientes tem através da mídia, esta cirurgia tem sido muito procurada. Acarreta uma grande satisfação e auto estima para as mulheres, melhorando e muito a vergonha da genitália feminina. Corrigem-se, também, as deformidades congênitas externa.

Sintomas: excesso de pele dos grandes lábios vaginais, excesso, flacidez e escurecimento dos pequenos lábios vaginais que atrapalham na relação sexual, excesso de pele do prepúcio que reveste o clitóris, hipertrofia do clitóris, afrouxamento da entrada vaginal e excesso de gordura na região pubiana. Corrimento vaginal de difícil tratamento clinico, odor excessivo, volume maior na calcinha e biquíni, dificuldade para o cônjuge no seu orgasmo.

Cirurgia: redução parcial dos grandes e/ou pequenos lábios vaginais. Redução parcial do prepúcio do clitóris e do próprio clitóris quando há excessos. Correção da musculatura vaginal interna e do períneo para melhorar o intróito vaginal. E minilipoaspiração da região pubiana geralmente associada à redução dos grandes lábios vaginais. Incisões: todas nas áreas de mucosas, que evoluem com o tempo para imperceptíveis. 

Recuperação: nos casos simples de 2 a 3 dias e quando há correção da musculatura vaginal, uma semana. Evitar relações sexuais por 30 a 45 dias.

Objetivo: devolver a mulher condição de normalidade, de beleza, de conforto e principalmente da sua auto-estima. 

Inclusão de prótese de glúteos

Implantes de nádegas, também chamados implantes glúteos, melhora o tamanho e aparência das nádegas por colocação de implantes de silicone, sob, por cima ou dentro do músculo glúteo produzindo uma melhoria estética.

Recuperação: Os pacientes devem evitar sentar-se o quanto possível nas primeiras 72 horas após a cirurgia e deve ficar voltado com o abdomen para baixo ou levantar-se a maior parte do tempo. Eles podem começar a sentar-se, mas colocando seu peso mais na parte de trás de suas coxas, do que na sua região glútea. Alguns médicos podem recomendar dispositivos especiais para sentar-se durante os primeiros 10 a 15 dias após a cirurgia. O paciente deve usar uma roupa apertada na região glútea e não deve fazer qualquer exercício ou levantamento de peso por várias semanas. O paciente não deve consumir álcool após a cirurgia. O consumo de álcool pode ser retomado após três semanas. Hematomas e inchaço devem desaparer depois de várias semanas.

Resultados: Os resultados variam de paciente para paciente, no entanto, o efeito global é o aumento do tamanho do músculo glúteo (nádegas) para uma melhor aparência.

 

Anestesia: Anestesia geral ou epidural

Inclusão de próteses mamárias

Aumento de mama, melhora não somente o tamanho como também a forma e aparência das mamas por meio de implantes mamários de silicone ou de solução salina. O local de implante pode ser abaixo ou acima do músculo peitoral, produzindo assim uma melhoria estética.

Recuperação: O paciente pode retornar ao trabalho em poucos dias. Ela deve evitar qualquer contato físico nos seios (sem sutiã) por cerca de três a quatro semanas. As cicatrizes devem desaparecer e melhorar de quaildade a partir de três meses a dois anos após a cirurgia, dependendo da qualidade de cicatrização de cada paciente.

Resultados: Os resultados variam de paciente para paciente. No entanto, o efeito geral é o aumento do tamanho das mamas peito assim como melhora da forma e aparência.

Anestesia: Pode ser utilizada anestesia geral , e neste caso, o paciente é completamente adormecido, ou ainda anestesia local associada a uma sedação intravenosa.

mamoplastia redutora

Cirurgia de redução da mama, também chamada de mamoplastia de redução, reduz o tamanho e melhora a forma dos seios. Normalmente, as mulheres que são candidatas para este procedimento têm sintomas físicos relacionados com o peso ou a forma dos seus seios. Estes sintomas incluem dor nas costas, dor no pescoço, e sulcos nos ombros causdos pelo sutiã. As incisões variam com base no tamanho das mamas antes da operação e o tamanho final obtido no pós-operatório.

Uma incisão é feita em torno da aréola acompanhada por uma incisão vertical abaixo da aréola com ou sem uma incisão horizontal feita na dobra abaixo da mama. Técnicas de cicatrizes reduzidas são freqüentemente aplicável em cirurgia de redução de mama e permitem excelente redução de tamanho com melhor forma, limitando assim, a extensão das incisões.

Para a redução dos seios muito grandes, em alguns casos, o mamilo e aréola podem precisar de ser removidos cirurgicamente e reaplicado como enxerto. Remoção e reaplicação do tecido do mamilo / aréola irá resultar na perda de sensibilidade do mamilo e da incapacidade de amamentar.

Recuperação: A recuperação requer feralmente de uma a duas semanas. A maioria dos pacientes retornam às atividades normais dentro desse período de tempo. Atividades físicas extenuantes são desencorajadas por um period de três a seis semanas após a cirurgia.

Resultados: A maioria dos pacientes que se submetem a uma mamoplastia de redução estão satisfeitos com o tamanho e a forma das sua mamas e estão muito satisfeitas com a melhoria e diminuição dos sintomas de dor e desconforto que eles experimentaram, devido ao peso dos seus seios. A redução das mamas torna as atividades físicas mais fácil e leva o paciente a desfrutar de sua nova aparência e capacidade de usar roupas que estavam desconfortáveis ou pouco atraentes antes da realização da cirurgia.

Anestesia: A cirurgia é geralmente realizado sob anestesia geral, complementada com anestesia local. Pequenas reduções podem ser realizadas sob anestesia local associada a anestesia intravenosa, sem a necessidade de anestesia geral.

redução da mama masculina

A Cirurgia de redução de mama masculina reduz mamas e mamilos masculinos excessivamente desenvolvidos usando lipoaspiração e / ou removendo cirurgicamente o excesso de tecido glandular.

Recuperação: O paciente pode voltar ao trabalho após sete dias. Atividade mais exigentes podem ser retomadas após duas a três semanas. A maior parte do inchaço e hematomas desaparece após três a seis meses.

Resultados: Permanente, embora o ganho de peso subseqüente possa causar o reaparecimento da situação.

Anestesia: Anestesia geral ou sedação e anestesia local.

Enxerto de gordura

Transferência de gordura, também chamada de enxerto de gordura, injeções de gordura e lipofilling, é um procedimento que usa a própria gordura de uma pessoa para preencher irregularidades e sulcos. Esta é agora uma técnica bem estabelecida, que foi aperfeiçoado no início dos anos noventa sendo hoje um procedimento previsível.

Indicações estéticas para usar o lipofilling incluem: bochechas afundadas, o desaparecimento de gordura das bochechas, sulcos profundos em execução desde o nariz até os cantos da boca, e em alguns casos de linhas entre as pálpebras inferiores e na face. Também é um dos métodos mais comuns utilizados para o aumento dos lábios. Além disso, lipofilling pode ser usado para suavizar a todos os tipos de irregularidades, tais como os resultantes lipoaspiração mal executada ou mesmo de lesões.

A gordura necessária para uma lipoescultura limitada é obtida através de um ou mais incisões de 3 a 5 mm. É normalmente retirada do abdómen ou coxa. A gordura aspirada , é processada por centrifugação, filtração ou lavagem. O resultado é um tecido adiposo líquido puro pronto para a injecção.

A gordura é então injetada nos locais necessários. A gordura é distribuída uniformemente na zona receptora, injetando quantidades mínimas nos tecidos, de modo a que a gordura injetada é bem circundada por tecido saudável e bem irrigado. Isto assegura que a gordura transplantada permaneça em contato com os tecidos vizinhos, fornecendo assim, oxigénio e nutrientes.

Recuperação: O inchaço normalmente diminui a partir do terceiro dia, e atividades sociais pode ser reiniciadas após uma semana, às vezes com a ajuda de algum make-up.

Resultados: Correção de rugas profundas e sulcos. Correção das irregularidades tratadas e depressões. Aumento de volume das áreas tratadas, como as maçãs do rosto, bochechas e queixo. Melhoria da qualidade da pele sobrejacente pode ser um efeito colateral positivo. Depois que o corpo absorve um percentual de gordura (entre 20 e 50%), a correcção pode ser considerada definitiva.

Anestesia: Infiltração de anestesia local na zona de dadora e na área a ser tratada.

lipoescultura

Lipoaspiração remove as áreas de gordura indesejada com um tubo e um dispositivo de vácuo. Técnicas de Lipoaspiração, incluindo tumescente ou super-húmido, são tipicamente realizadas em que as células de gordura alvo são infundidos com uma solução salina contendo um anestésico local e adrenalina para diminuir a perda de sangue.

 

Os benefícios desta técnica de lipoaspiração incluem o aumento da segurança, mais fácil a remoção de gordura, bem como diminuição do desconforto pós-operatório. Isto também reduz hematomas pós-operatórios e inchaço.

 

Os locais mais comuns para a lipoaspiração são o queixo, bochechas, pescoço e parte superior do braço, a área acima dos seios, abdômen, nádegas, quadris, coxas, joelhos, panturrilhas e tornozelos.

 

Existem várias técnicas comumente usados, incluindo a “técnica tradicional”, ” técnica Laser”, e “Técnica ultra-sônica (UA)”. A técnica tradicional utiliza um tubo oco para remover a gordura e o laser ou o ultra-som utilizam a energia laser ou de ultra-sons para dissolver a gordura antes de ser removido. Consulte a Dra. sobre qual a técnica seria melhor para você.

Recuperação: Geralmente, o paciente retorna ao trabalho depois de cinco a 14 dias. Atividade mais exigentes podem ser retomadas após duas a quatro semanas. A recuperação total de inchaço e hematomas podem levar um a seis meses, dependendo da quantidade de gordura que é removida e as áreas que foram tratados.

Resultados: O efeito é permanente e deve ser melhorado e mantido com uma dieta balanceada e exercício físico consistente.

Anestesia: A anestesia geral pode ser usado ou sedação e anestesia local.

Please reload

 
 
 
 
 
 
 
 
 

MEDICAL CENTER

Av. Ministro Gabriel Rezende Passos, 500 

16º andar - Cj 1608

Moema - São Paulo / SP

Junto ao Hospital Alvorada

CONTATO

relacionamento@loritibreuel.com.br

55 11 98753-3001

55 11 99886-3436 - WhatsApp

55 11 5051-6455 

  • Facebook ícone social
  • Instagram
Agende a sua consulta

55 (11) 99886-3436

55 (11) 5051-6040

Copyright © 2015 Todos os direitos reservados Loriti Breuel